Você sabe o que é Nadismo?

Você já ouviu falar sobre ou conhece o ‘Nadismo’? É um movimento que consiste em incentivar as pessoas a passar […]

Você já ouviu falar sobre ou conhece o ‘Nadismo’? É um movimento que consiste em incentivar as pessoas a passar algumas horas do seu dia fazendo nada. Isso mesmo: nada. Basta ficar sentado ou deitado e se colocar em estado de inatividade, desfrutando de coisa nenhuma.

O Nadismo é para todos, mas especialmente para aqueles que nunca têm tempo. Aqueles que estão sempre correndo, vivem ocupados e, ainda assim, não conseguem dar conta de todas as suas demandas. Se você quer fugir desse estresse diário, a prática indica parar e ficar sem fazer nada, sem cobrança, sem culpa e sem estresse, para viver melhor com o seu tempo.

Criado pelo designer brasileiro Marcelo Bohrer, o Nadismo tem como objetivo quebrar a cultura da aceleração e fazer com que as pessoas recuperem seu equilíbrio. Em 2006, ele fundou o Clube de Nadismo, grupo que hoje conta com mais de 7.000 membros, mundo afora, e já ganhou muitos adeptos, apresentando excelentes resultados aos seus simpatizantes.

Até mesmo em cidades urbanas agitadas é possível praticar o método. Basta sentar ou deitar em um lugar confortável, abandonar o celular, e, com os olhos abertos, tentar não fazer nada por pelo menos 15 minutos. Apenas observar as pessoas e contemplar o mundo ao redor, de maneira consciente de tudo que está acontecendo.

Nadismo em viagens

Piscina de borda infinita do Gungaporanga Hotel

Ao contrário do que muitas agências de viagem indicam para seus clientes, programações fechadas e agendas lotadas de passeios que muitas vezes cansam muito mais os turistas, alguns estabelecimentos têm optado e investido no Nadismo como um modelo de negócio e alcançado sucesso com a escolha.

Hotéis e pousadas estão procurando proporcionar aos seus hóspedes ambientes mais calmos, tranquilos e relaxantes, que os convidam a repousar e descansar de fato. Apostar em lugares acolhedores, que ofereçam contato com a natureza, tenham praia, jardins e piscina são boas opções. Os praticantes dizem que sensação pós-nadismo é muito gratificante pelo relaxamento corporal e psicológico que traz.

Alertas para saber se você sofre de ansiedade

A aceleração e a dificuldade em parar podem se tornar um transtorno médico. Selecionamos alguns sinais de alerta para saber se você tem ou não sintomas de ansiedade extrema. Confira:

  • Alteração no sono – Se no momento em que você coloca a cabeça no travesseiro, sua mente continua a pensar sem parar e você não consegue mais controlar seus pensamentos e, por isso, tem dificuldade para dormir, fique atento;
  • Alteração de apetite – Se a sua refeição, que deveria ser uma pausa para saborear a comida e desestressar, é mais um dos momentos acelerados do dia, há algo de errado. Ganhar ou perder peso também são sinais de alerta;
  • Surgimento de manifestações físicas como:

– dor de cabeça constante causadas por tensão, que se inicia atrás da nuca e nos ombros;

– tensões musculares;

– alterações no sistema digestivo (azia, queimação, constipação);

– alteração menstrual (mulher)

– alteração na libido (mulher e homem);

  • Estafa – alteração no nível de energia e baixa disposição até para o lazer. Isso ocorre quando a energia acaba e o organismo não suporta mais a quantidade de atividades e estímulos.

 

Que tal vir fazer nada aqui no Gungaporanga?

Leia também:

Festa na praia? Escolha ótimos souvenirs de casamento

Festa na praia? Escolha ótimos souvenirs de casamento

Uma festa de casamento, principalmente, na praia é cheia de detalhes inesquecíveis. Para tornar o dia ainda mais especial, os […]

Leia mais
4 cuidados para comprar com segurança na Black Friday 

4 cuidados para comprar com segurança na Black Friday 

Se muita gente já adora comprar, imagina comprar com desconto? É um paraíso, não é?! Uma vez no ano, o […]

Leia mais
4 (ótimos) motivos para celebra o Dia do Nordestino no NE

4 (ótimos) motivos para celebra o Dia do Nordestino no NE

O lugar ao qual pertencemos diz muito sobre a gente. Muito mais do que imaginamos: a cultura, a gastronomia, o […]

Leia mais

Assine nossa Newsletter

Nosso WhatsappNosso Whatsapp